dinah washington


Dinah Washington, pseudônimo de Ruth Lee Jones (Tuscaloosa, Alabama, EUA, 29 de agosto de 1924 - 14 de dezembro de 1963), americana, cantora de jazz, blues e música religiosa. Os dois títulos recebidos por Dinah Washington, “Rainha do blues” e “Rainha das jukeboxes”, dão a idéia de seu sucesso artístico e de vendas. Dinah foi uma das cantoras mais importantes dos anos 40 e 50. Nascida Ruth Lee Jones no interior do Alabama, em uma família de baixa renda, mudou-se para Chicago com a família aos quatro anos.

MÚSICAS ENCONTRADAS

Dinah Washington - I Could Write A Book
Dinah Washington - Smoke Gets In Your Eyes
Dinah Washington - What A Diff'rence A Day Made
Dinah Washington, Brook Benton - Baby (You've Got What It Takes)
Dinah Washington, Brook Benton - A Rockin' Good Way (To Mess Around And Fall In Love)
Dinah Washington - September In The Rain
Dinah Washington - I Get A Kick Out Of You
Dinah Washington, Clifford Brown - Darn That Dream - Live In Los Angeles, 1954
Dinah Washington, Clifford Brown - Crazy He Calls Me - Live In Los Angeles, 1954
Dinah Washington - You Don't Know What Love Is

A música dá alma ao universo,
asas à mente e voo
à imaginação.

Não, não somos nós que estamos afirmando isso.
Foi o fundador da Academia de Atenas, Platão, aluno de Sócrates e professor de Aristóteles, um dos filósofos gregos mais conhecidos e estudados até os dias atuais. Os mais sábios sabem o poder da música sobre o universo...
É ou não é?

Um nome, duas versões: você sabia?

Para quem ainda não sabe de onde veio o nome CPM22, esse era o endereço para se corresponder com os músicos: Caixa Postal Mil e Vinte e Dois. Afinal, quando a banda contratou o serviço dos Correios, em 1998, o e-mail tava longe de ser o meio de comunicação mais popular do mundo. Mas? Há controvérsias sobre essa versão do nome. Segundo o ex-guitarrista Wally, a sigla adotada quando o grupo foi formado em 1995 é uma abreviação para Crucificados e Podres hasta la Muerte, expressão usada por ele e um primo. E o número 22 foi escolhido aleatoriamente. Mas o que importa mesmo é que o nome deu sorte, certo?